Datas para atualização do FIES no 1º Semestre


Clique aqui e confira os Prazos do Fies

O Programa de Financiamento Estudantil – FIES é destinado a financiar a graduação no Ensino Superior de estudantes que não têm condições de arcar com os custos de sua formação e estejam regularmente matriculados em instituições não gratuitas, cadastradas no Programa e com avaliação positiva nos processos conduzidos pelo MEC.

Criado em 1999 para substituir o Programa de Crédito Educativo – PCE/CREDUC, o FIES tem registrado uma participação cada vez maior das Instituições de Ensino Superior – IES e dos estudantes do país. Em 2007 foram 1.046 mantenedoras, 1.459 IES e 2.080 campi em todo Brasil. Desde 1999 já são mais de 500 mil estudantes beneficiados, com uma aplicação de recursos da ordem de R$ 4,6 bilhões entre contratações e renovações semestrais dos financiamentos desde a criação do programa. Apenas para este público já foram realizadas mais de 4,6 mil contratações. Atualmente, a ordem de prioridade para concessão do FIES é a seguinte:

  • Estudantes beneficiários de bolsas complementares matriculados em cursos considerados prioritários.
  • Estudantes beneficiários de bolsas complementares matriculados nos demais cursos.
  • Estudantes matriculados em instituições de educação superior que tenham aderido ao ProUni.

Demais estudantes matriculados em Instituições de Ensino Superior que não tenham aderido ao ProUni.

Caracterizam-se como Bolsas complementares as bolsas parciais de 25% oferecidas adicionalmente àquelas previstas nos termos de adesão ao ProUni. O FIES é um dos programas do Governo que apresenta o maior padrão tecnológico. Praticamente todas as operações do processo seletivo, iniciando-se pela adesão das instituições de ensino, passando pela inscrição dos estudantes e divulgação dos resultados e entrevistas são realizadas pela Internet. Esta modernidade representa comodidade e facilidade para todos os seus participantes. Isso além de garantir a confiabilidade e transparência a todo o processo, o que vai ao encontro da missão da CAIXA ECONÔMICA FEDERAL e BANCO DO BRASIL de dar maior efetividade às políticas públicas do Governo Federal.

Os critérios de seleção, impessoais e objetivos, têm como premissa atender à população com efetividade, destinando e distribuindo os recursos de forma justa e igualitária, garantindo a prioridade no atendimento aos estudantes de situação econômica menos privilegiada.

Esta iniciativa do Governo Brasileiro é mais um passo importante para a democratização do acesso à educação de qualidade, a fim de propiciar ao maior número possível de estudantes a permanência e a conclusão do ensino superior, contribuindo na formação dos líderes que conduzirão o futuro deste país. Os juros do FIES são de apenas 6,5% ao ano e o financiamento pode ser pago no triplo do tempo em que foi utilizado.

Os estudantes dos cursos de Licenciatura (História e Matemática) podem obter 100% de financiamento e pagar ao governo ministrando aulas, caso estejam trabalhando na rede pública de ensino.

Possui alguma dúvida ou precisa de ajuda?

Fale conosco